Aliencake

Foi numa tarde de sábado, de encontros, reencontros e desencontros, de estreia literária e café, tudo prolongado em noite, jantar e mais café, ficando no entanto curto o tempo. De súbito, aparece-me pela frente um bolo com a minha cara. Um bolo com rosto de Alien. Olhei-o uma e outra vez, e só não me belisquei porque dói um bocado, convenhamos. Mesmo a aliens. As pessoas cantavam os parabéns e batiam palmas, eu ouvia e agradecia, mas mal tirava os olhos do bolo. Fizeram-me pegar nele com uma mão, perante a apreensão de alguns circunstantes, e conduzi-lo, ou deixar que me conduzisse, à mesa improvisada. Vivendo desde sempre em terrível dúvida sobre a minha origem e condição, houve um instante luminoso em que tudo se revelou. "Sou um bolo, afinal sou um bolo!" - exclamei para mim mesmo, entre alguma perplexidade e o alívio de uma certeza há muito tempo aguardada. Foi sol de pouca dura. Lá tive que partir o bolo. Lá tive que me cortar à faca em fatias que rapidamente desapareceram. Ao que parece, estava bom, eu. O facto é que, apesar disso, ainda estou vivo. Não serei, então, um bolo? Serei apenas a recordação dele? Felizmente, a fotógrafa estava lá. Serei assim talvez a fotografia de um bolo. Há piores destinos. Há piores fins de tarde-noite de sábados de lançamentos de livros, encontros, reencontros, desencontros, jantares, cafés, aniversários e ainda mais. Muito, muito piores, garanto-vos.

27 de set de 2007

Continuando...

Apenas duas pessoas ousaram responder ao DESAFIO AO LEITOR do post anterior. Até agora, e dou por encerrado o desafio. Por ordem de chegada, a LOLA sugeriu:

Os filetes :
Entrar discretamente na área de congelados de qualquer bom supermercado e procurar a embalagem de "filetes caseiros", não vou


dizer a marca para não me comprometer.
Em casa disfarçar e preparar a salada , enquanto se fritam os benditos filetes...

O arroz:
Pode ser feito na Bimbi, ou no microondas, coisa para demorar aí uns 8 minutos, se a família não for muito grande...
Servir com requinte.

*

Obrigado,
Lola! Notem, por favor, o requinte, a discrição e o disfarce. E já nem falo da benção... :) Como disse no comentário, a Lola, cá para mim, tem pinta de boa cozinheira. Será? :D

*

E agora, a autora da receita ela-mesma, a Teresa Durães!

Arroz:
Fazer o estrugido. Uma de arroz para duas de água. até o arroz cozer (e não coser que não há agulhas). Se quiseres de tomate, colocas o tomate no estrugido. Põe um pouco de água (quase nada) para não dar cabo da saúde. Não fica tão 'puxado' mas até os diabéticos podem comer.


Estrugido= refugado mas à norte, carago!!



O peixinho
é simples. Congelado é mais barato. Fresquinho sabe melhor. Pegas no bicho (morto), nada de fritos que isso faz colesterol. Colocas num pirex com sal, coentros e tomate (desmancha-o, um inteiro podia ficar bonito mas não é prático).
Se o peixe não prestar, coloca uma pinga de água para não pegar ehehhe

Impinges à família e pronto. Se não gostarem chamas o homem da pizza e vão te adorar!!!


Ao cozinhar, acompanhas uma música tipo System of a Down, Spliknot para ver se não te aborreces tanto. Metallica também é opção ou os Funk Audioslave, Incubus...

*

Obrigado, Teresa! Com explicações sobre o cozer e o coser, o estrugido, carago! , sugestões alternativas não vá o Diabo tecê-las, e BOA música para acompanhar a confecção, que mais se pode pedir a uma veg que cozinha peixe? E que tem uma reputação a defender? E que é de ciências exactas (sem raminhos de salsa)?

E, como alguém escreveu, voilà la!

29 comentários:

Teresa Durães disse...

ahahahhahahahhaha


já choro de tanto rir!!!!!!

só tu, só tu!!!!

perfeito! agora não indico este blog aos filhos se não estou feita ahahahahhahahahah


boas receitas que eu... fujo!!!! a sete pés (sei sei, as mulheres do norte não o fazem mas só tenho metade da costela ahahahahahah)

beijos beijos beijos!!!

isabel mendes ferreira disse...

:((((((((((((

mAS ALGUÉM PODE COMPETIR COM TAMANHA SABEDORIA????


raios!

eu nunca.

______________AH mAS UM dia ainda faço uma enorme "surpresa"...

:)


beijos.

Gi disse...

Tens que abrir uma rubrica de - Cursos de culinária para a mulher moderna que não gosta ou não tem tempo para cozinhar . Eu sdevo serantiquada :) gosto de cozinhar e tempo vou tendo. Curiosamnete gostava mais de o fazer quando andava assoberbada de trabalho. Era ali que descontraía. Feitios .)

Beijinhos

wind disse...

Parabéns às duas:)
Beijos Alien:)

Alien8 disse...

Teresa,

E uma receita de costela???

Costela vegetariana, talvez... :)))

Bom fim de semana e

Um beijo.

Alien8 disse...

Isabel,

Fico à espera da surpresa!!! :)

Um bom fim de semana.

Beijos.

Alien8 disse...

Gi,

Faz sentido, a parte do descontraír. Eu, abrir um curso? Nahhhh !:)))))

Bom fim de semana e beijos.

Alien8 disse...

Wind,

Beijos para ti também, e um óptimo fim de semana!

nnannarella disse...

Eh bien!...
Furtos destes nossos, só dão glória a quem é roubado...
De modo que... temos cinquenta mil anos de perdão...:)

Beijo, sem pinga de espinhos de pita!

Teresa Durães disse...

um arrozinho de sarrabulho??? ahahahha tipico de Ponte de Lima. ou de Lampreia? pois é mas não tenho a receita. deve-se enfiar o bicho na panela, rezar para que não fuja e qualquer coisa assim!!

ehhehe

bj

Opintas/Bernardo Kolbl disse...

Vou comer, carai!
Bom fim de semana e um abraço.

MariaTuché disse...

Mas o que eu tenho perdido devido à minha ausência :(

Até a Teresa deixa receitinhas, muito bem, mas o que me deixa feliz mesmo é sentir que está bem animado este blog e com o bom som de sempre.

Bem vou continuar a leitura dos atrasados.

Já agora passa no Me, deixei lá um presentinho :)

Beijosssssss

Alien8 disse...

Nnannarella,

Eu só chamei roubadas às minhas receitas, mas está bem, aceito esses 50000 anos :))

Beijos.

Alien8 disse...

Teresa,

Arroz de sarrabulho, hmmmm... até apetece continuar a onda de gastronomia, mas é tempo de mudar, acho eu...

Esse arroz lembra-me uma história que talvez um dia escreva, em que um grupo saíu do Porto para Ponte de Lima, rumo à Encanada (conheces?) e ao tal arroz... uma história muito curta, mas muito saborosa - ou seria o arroz de sarrabulho da Encanada? :)

A tua receita de lampreia é assaz (hehe) original :)))) Recomendo-te alguns restaurantes na Foz do Sousa, por exemplo. Já lá comi disso, e bom. E lampreia à bordalesa, também. Hmm... que fome :)

Um beijo.

Alien8 disse...

OPintas/bernardo Kolbl,

Bom apetite!

Um abraço.

Alien8 disse...

Mariatuché,

Já lá passo! Estou curioso :)))

Bom fim de semana.

Beijinhos.

Teresa Durães disse...

Quem vai a Ponte de Lima e não conheço o Encanada... não viu nada eheheh

até o raio da sopa é boa...

perto da quinta, em Brandara, existe um restaurante "A pombinha" que sai mais barato e a comida é muito melhor....

Em frente ao Encanada existe outro restaurante (não me lembro do nome) muito conhecido. Também servem bem. principalmente o cabrito... ai...!

O que servem o arroz de Lampreia é perto da Ponte Romana, com vista para o rio (o meu estômago já ronca...)

bom domingo (cheio de chuva)

mjf disse...

Bom dia !
Eu cozinhar não sei...e não gosto,mas vou aproveitando umas dicas.A lagosta fingida é diétética???
E que tal uma sobremesa , pouco calórica???
A Lola prometeu.
Beijos gordos..

Lola disse...

Alien

Suspeito que com essa da "boa cozinheira", tu estás a bater-te a um convite para jantar...
Pode ser que tenhas sorte...:):)

Beijos

Alien8 disse...

Teresa,

Lampreia não me lembro de ter comido em Ponte de Lima, mas foi por mero acaso. Sou capaz de ter estado no outro em frente da Encanada, mas não me recordo da "Pombinha".

Ao cabrito prefiro o leitão, é mais da minha zona..., mas também gosto!

Boa semana!

Alien8 disse...

MJF,
Boa noite!

A essa pergunta terá de ser a Gi a responder, já que a receita é dela. A mim, no entanto, não me parece muito dietética...

Quanto à sobremesa pouco calórica, vou pedir à Lola, já que ela prometeu :)

Boa semana.

Beijos (dietéticos não, que horror!).

Alien8 disse...

Lola,

A sorte é de quem está no terreno hehehe!

Fico ansiosamente à espera do convite!

Boa semana.
Beijinhos.

nnannarella disse...

Alien José. Voilá lá. O teu requinte e a tua generosidade.


Dos picos do Fuji, manda-te telepaticamente abraço formal uma Musashi ainda a hibernar.


Eu, beijo informal, sem formol.:)

isabel mendes ferreira disse...

eu tava mesmo a brincar...
:((((

não sei nenhum receita...
nem sequer a de "viver"...


Beijo de bom dia.

sonia r. disse...

Boa semana.
Abraço.

nnannarella disse...

Adenda Agradecida: tenho-me esquecido de cumprimentar as tuas colaboradoras e os seus génios culinários, pedagógicos e informativos. Este sábado fiz a lagosta fingida e os meus ais de prazer nada tiveram de fingidos! Um regalo. Beijinhos

Alien8 disse...

Nnannarella,

Voilá lá - generosidade tua :)

À Senhora Musashi, bom resto de hibernação e um abraçona devida forma. Fuji, hum? Nada mau...

As minhas colaboradoras agradecerão, estou certo, os teus elogios - merecidos! - às suas, delas, receitas, para mais com experimentação e conhecimento de causa.

Um abraço também para ti.

Alien8 disse...

Isabel,

A de escrever, pelo menos, sabe-la muito bem :))

Um beijo.

Alien8 disse...

Sónia R.,

Boa semana para ti também.

E um abraço, claro.