Aliencake

Foi numa tarde de sábado, de encontros, reencontros e desencontros, de estreia literária e café, tudo prolongado em noite, jantar e mais café, ficando no entanto curto o tempo. De súbito, aparece-me pela frente um bolo com a minha cara. Um bolo com rosto de Alien. Olhei-o uma e outra vez, e só não me belisquei porque dói um bocado, convenhamos. Mesmo a aliens. As pessoas cantavam os parabéns e batiam palmas, eu ouvia e agradecia, mas mal tirava os olhos do bolo. Fizeram-me pegar nele com uma mão, perante a apreensão de alguns circunstantes, e conduzi-lo, ou deixar que me conduzisse, à mesa improvisada. Vivendo desde sempre em terrível dúvida sobre a minha origem e condição, houve um instante luminoso em que tudo se revelou. "Sou um bolo, afinal sou um bolo!" - exclamei para mim mesmo, entre alguma perplexidade e o alívio de uma certeza há muito tempo aguardada. Foi sol de pouca dura. Lá tive que partir o bolo. Lá tive que me cortar à faca em fatias que rapidamente desapareceram. Ao que parece, estava bom, eu. O facto é que, apesar disso, ainda estou vivo. Não serei, então, um bolo? Serei apenas a recordação dele? Felizmente, a fotógrafa estava lá. Serei assim talvez a fotografia de um bolo. Há piores destinos. Há piores fins de tarde-noite de sábados de lançamentos de livros, encontros, reencontros, desencontros, jantares, cafés, aniversários e ainda mais. Muito, muito piores, garanto-vos.

24 de jun de 2006

E no Porto...


É noite de S. João. Por isso, uma saudação muito especial aos meus amigos da Invicta, cidade que tenho no coração, aliás por várias vezes :)

Divirtam-se como melhor vos parecer, no meio da multidão ou na tranquilidade (ou nem por isso) das vossas casas ou das casas de amigos.


A receita, hoje, pode ser sardinha assada. Da boa. Com pimentos e batatinhas cozidas com pele.


Se for verdade que uma certa empresa patenteou os célebres martelinhos e anda por aí a chamar criminosos aos que não usam os da marca (!!!), proponho ao povo do Porto o boicote aos ditos e malditos martelinhos.

ABAIXO OS MARTELINHOS! VIVA O ALHO-PORRO, C......!!!


22 de jun de 2006

Mr. Tambourine Man, de Bob Dylan, por The Byrds


Hey! Mr. Tambourine Man, play a song for me,
I'm not sleepy and there is no place I'm going to.
Hey! Mr. Tambourine Man, play a song for me,
In the jingle jangle morning I'll come followin' you.

Though I know that evenin's empire has returned into sand,
Vanished from my hand,
Left me blindly here to stand but still not sleeping.
My weariness amazes me, I'm branded on my feet,
I have no one to meet
And the ancient empty street's too dead for dreaming.

Hey! Mr. Tambourine Man, play a song for me,
I'm not sleepy and there is no place I'm going to.
Hey! Mr. Tambourine Man, play a song for me,
In the jingle jangle morning I'll come followin' you.

Take me on a trip upon your magic swirlin' ship,
My senses have been stripped, my hands can't feel to grip,
My toes too numb to step, wait only for my boot heels
To be wanderin'.
I'm ready to go anywhere, I'm ready for to fade
Into my own parade, cast your dancing spell my way,
I promise to go under it.

Hey! Mr. Tambourine Man, play a song for me,
I'm not sleepy and there is no place I'm going to.
Hey! Mr. Tambourine Man, play a song for me,
In the jingle jangle morning I'll come followin' you.

Though you might hear laughin', spinnin', swingin' madly across the sun,
It's not aimed at anyone, it's just escapin' on the run
And but for the sky there are no fences facin'.
And if you hear vague traces of skippin' reels of rhyme
To your tambourine in time, it's just a ragged clown behind,
I wouldn't pay it any mind, it's just a shadow you're
Seein' that he's chasing.

Hey! Mr. Tambourine Man, play a song for me,
I'm not sleepy and there is no place I'm going to.
Hey! Mr. Tambourine Man, play a song for me,
In the jingle jangle morning I'll come followin' you.

Then take me disappearin' through the smoke rings of my mind,
Down the foggy ruins of time, far past the frozen leaves,
The haunted, frightened trees, out to the windy beach,
Far from the twisted reach of crazy sorrow.
Yes, to dance beneath the diamond sky with one hand waving free,
Silhouetted by the sea, circled by the circus sands,
With all memory and fate driven deep beneath the waves,
Let me forget about today until tomorrow.

Hey! Mr. Tambourine Man, play a song for me,
I'm not sleepy and there is no place I'm going to.
Hey! Mr. Tambourine Man, play a song for me,
In the jingle jangle morning I'll come followin' you.

21 de jun de 2006

Vamos à sobremesa, cortesia da Maloud


CARPACCIO DE MORANGOS E LARANJAS, MOLHO DE LARANJAS E GELADO DE AÇAFRÃO DO IRÃO

GELADO

1/2L de leite gordo
4 gemas
70gr de açúcar
20cl de natas líquidas, mas nada de usar as light
3 pitadas de filamentos de açafrão do Irão

Ferver o leite e deixar em infusão os filamentos durante 10min.
Bater as gemas com o açúcar até obter uma mistura esbranquiçada e deitar o leite quente sobre o preparado mexendo sempre. Pôr numa caçarola ao lume continuando a mexer e esmagando os filamentos contra as paredes, para libertarem todo o sabor. Mexer até espessar, mas sem deixar ferver, como se fosse um creme inglês. Deixar arrefecer completamente.
Bater as natas em chantilly e juntar ao creme com precaução, levantando a massa.
Pôr na sorveteira e levar ao congelador.

MOLHO DE LARANJA

sumo de 6 laranjas
60gr de açúcar

Levar ao lume até ficar em xarope.

CARPACCIO MORANGOS-LARANJA

6 laranjas
morangos grandes
pistácios não salgados descascados

Cortar os morangos em lâminas e descascar as laranjas, retirando-lhes toda a pele. Retirar os gomos sem pele. Picar grosseiramente os pistácios.

MONTAGEM DOS PRATOS

No centro colocar uma bola de gelado. À volta colocar alternadamente lâminas de morango e gomos de olaranja. Regar com o molho de laranjas. Polvilhar com os pistácios.

Receita do blog Péché de Gourmandise, mas já por mim experimentada.

Vamos lá para a cozinha, "ferver" mais uma vez o Irão.

Fonte: http://pechedegourmand.canalblog.com


As minhas desculpas pelo atraso da sobremesa. Tivemos apenas que instalar um computador novo e respectivo SO e software, o que ainda levou umas horitas :)

18 de jun de 2006

Sugestões & Geometrias

Apenas três sugestões, esta semana:
- Exigência de carne mirandesa certificada, muito bem proposta pela Maloud.
- Tinto reserva, sugerido pela The City Lights. Do Douro, acrescentaria eu.
- Tinto Douro Duas Quintas, aconselha o regressado Parrot. Reserva 2000 se Portugal ganhar o Mundial :)
- Como sobremesa, um gelado, indica a Lola.




Noutra frente, o Brasil lá ganhou à Austrália, e bem, mas o tal quadrado mágico é que teima em aparecer. Estou tentado a contrapor o nosso triângulo impossível:



Costinha

Deco
Maniche
Estes, sim! Sem falar no quinteto de cordas da defesa, que ainda não sofreu golos... e de bónus ainda levam outro triângulo:

Figo + Cristiano Ronaldo + Pauleta.

É muito provável que eu ainda venha a engolir isto tudo. Se essa altura chegar, acompanharei com tinto do Douro, para suavizar. Entretanto, já ninguém me tira o gozo de o ter dito...