Aliencake

Foi numa tarde de sábado, de encontros, reencontros e desencontros, de estreia literária e café, tudo prolongado em noite, jantar e mais café, ficando no entanto curto o tempo. De súbito, aparece-me pela frente um bolo com a minha cara. Um bolo com rosto de Alien. Olhei-o uma e outra vez, e só não me belisquei porque dói um bocado, convenhamos. Mesmo a aliens. As pessoas cantavam os parabéns e batiam palmas, eu ouvia e agradecia, mas mal tirava os olhos do bolo. Fizeram-me pegar nele com uma mão, perante a apreensão de alguns circunstantes, e conduzi-lo, ou deixar que me conduzisse, à mesa improvisada. Vivendo desde sempre em terrível dúvida sobre a minha origem e condição, houve um instante luminoso em que tudo se revelou. "Sou um bolo, afinal sou um bolo!" - exclamei para mim mesmo, entre alguma perplexidade e o alívio de uma certeza há muito tempo aguardada. Foi sol de pouca dura. Lá tive que partir o bolo. Lá tive que me cortar à faca em fatias que rapidamente desapareceram. Ao que parece, estava bom, eu. O facto é que, apesar disso, ainda estou vivo. Não serei, então, um bolo? Serei apenas a recordação dele? Felizmente, a fotógrafa estava lá. Serei assim talvez a fotografia de um bolo. Há piores destinos. Há piores fins de tarde-noite de sábados de lançamentos de livros, encontros, reencontros, desencontros, jantares, cafés, aniversários e ainda mais. Muito, muito piores, garanto-vos.

17 de abr de 2007

Ecos da Páscoa

Título que pouco ou nada terá a ver com estas linhas, mas enfim... já era mais do que tempo de transformar a Páscoa em eco e publicar qualquer coisita de novo. Devido a limitações temporárias no meu equipamento, não se admirem se não colocar fotos. Será por pouco tempo. A música é que muda, mas não muito: quero continuar a colocar no ar os Neverend, por todas as razões e mais pelo facto de estarem a lutar com todas as forças, contra ventos e marés, para retomarem a actividade de composição e interpretação, quer dizer, novas músicas e concertos, interrompida já lá vão cerca de dois anos. Entre muitas bandas de gente nova (neste caso muito nova mesmo aquando da formação) que tenho ouvido, os Neverend são, para mim, um caso à parte. Por razões muito pessoais, mas também pela qualidade e originalidade dos temas, quer em Inglês quer em Português e pela forma (diria antes formas) de os interpretarem.

Infelizmente, disponho apenas de dois temas, que tenho de ir alternando, já que as gravações que possuo dos restantes têm fraca qualidade de som e poderiam transmitir uma ideia errada do que é realmente a banda.

Sei que alguns dos visitantes deste Título apreciam os Neverend. Espero que a banda conquiste mais adeptos, e assim ganhe mais força para ultrapassar os obstáculos que têm impedido o seu reaparecimento.

Fiquem bem, fiquem com o tema "Rush".

37 comentários:

isabel mendes ferreira disse...

obrigada Allien....

pela luz que nunca acaba...:))))

never never never...espera-se...

porque da espera pode surgir a luz..:))))))))))))

obrigada pela música. e pelas tuas palavras. ao piano.

beijo.

sonia r. disse...

Desconheço. Bom dia Alien.
Abraço.

Tuche disse...

Amigo Alien8,

Sabes que desde a 1ª vez que ouvi os Neverend fiquei fã do som deles, desejo realmente que conquistem o lugar que merecem.

Beijossssssssss

Opintas/Bernardo disse...

Boa tarde e um abraço. Vou ouvir.

Teresa Durães disse...

já sabes que sou fã dos neverend. o meu único protesto são os chocolates em bits que ofereces!

forreta!!!!

beijos

Teresa Durães disse...

p.s. apesar de neste momento e durante mais uns dias tenho de ter cuidado com o que como mas isso não se aplica a chocolates pois não?

PintoRibeiro disse...

Bom dia, abraço Alien.

Gi disse...

Não conhecia o trabalho deles. O som é agradável merecem uma 2ª oportunidade. Como todos nós ...

beijinhos

Alien8 disse...

Isabel,

Pois que da espera nasça a luz :)
As palavras, ao piano, foram mais que merecidas.

Um beijo luminoso.

Alien8 disse...

Sonia R.,

Eis uma oportunidade de ficares a conhecer um pouquinho.

Um abraço.

Alien8 disse...

Tuche,

Sei, claro que sei, e obrigado pelas tuas boas palavras.

Beijinhos.

Alien8 disse...

OPintas/Bernardo,

E que tal?

Um abraço e boa noite.

Alien8 disse...

Teresa,

Então ofereço chocolates e ainda te queixas? :)))))

Francamente!!!

Só por isso, tenho que te responder que sim, que se aplica aos chocolates.

Menos aos oferecidos em bitts. Obviamente :)))

Um beijo.

Alien8 disse...

Pinto Ribeiro,

Boa noite.
Um abraço.

Alien8 disse...

Gi,

Sem dúvida que merecem, sobretudo porque foram forçados a parar por ausência inevitável de membros da banda... coisas da vida.

Um beijnho.

Anônimo disse...

boa noite A.


















beijo.






y.

Teresa Durães disse...

sr. ET
Venho agradecer sinceramente a sua oferta. É bom saber o que os amigos nod dão para tentar adivinhar o que um inimigo nos faria....

Mas fico contente em vê-lo em tão boa satisfação! Vão uns meses desde a última vez que foi ali ao lado, a um blog perto de si, brincar!
Ainda bem!!

(deixo a prata para colocar no lixo das embalagens, s.f.f)

ehehhehehehe

bj, boa noite

Alien8 disse...

Y.,

Boa noite!

A. :)

Alien8 disse...

Teresa,

Tudo isso significa que me fizeste "(sor)rir um pouco", o que é bom, como canta o Jorge Palma. Estou a tentar, a tentar muito seriamente, mas sabes que, por vezes, não é fácil, não pode ser fácil. E, por vezes, é mesmo impossível. Obrigado pelas pratas, a prataria aqui anda muito por baixo :)

Um beijo. E recomendações ao malandro do Rufus e Companhia.

Opintas/Bernardo disse...

Bom fim de semana e um abraço.

Lizzie disse...

Obrigada por nos dar a conhecer esta banda.
Como a minha vida tem sido um bocado feita de terreno errante,penso sempre que em Portugal as pessoas têm,nos olhos tristes,o nunca da desistência,o fim como horizonte distante.Não as deixam ver ao longe.
Para quê tanto mar,se lhes tiram os barcos.Força para eles,que a andar devagar também se voa...

Um abraço e bom fim de semana

Alien8 disse...

OPintas/Bernardo,

Bom fim de semana por aí também.

E um abraço, obviamente.

Alien8 disse...

Lizzie,

Antes de mais, obrigado pela visita.

E, em seguida, obrigado pela esperança e pela pertinência do comentário. Gostei muito, e estou certo de que os Neverend, se o lerem, também irão gostar.

Bom fim de semana.
Um beijo.

PintoRibeiro disse...

Bom sábado, abraço.

Gi disse...

Passei paar desejar o resto de um bom fim de semana .

beijinhos

Alien8 disse...

Pinto Ribeiro,

Dado o adiantado da hora, bom domingo :)
Um abraço.

Alien8 disse...

Gi,

Obrigado, o mesmo para ti.
Beijos.

Parrot disse...

Alien,

Fazes bem. Existe muita boa gente e com qualidade á espera de uma oportunidade....espero que sejam persistentes e que acreditem.
O que ouvi, gostei e aí existe qualidade musical para "voarem"...quem sabe. :)
E se enviasses as musiquitas aqui ao teu amigo....o e-mail está lá.
:)

Abraço e bom fim-de-semana

PintoRibeiro disse...

Boa tarde e um abraço, Alien.

.....e Capricórnia sou eu!!! disse...

Alien 8

caro amigo....vim deixar uma beijoca enorme de boa semanita!!!!

....a toda a familia.....claro!! ;) :))))

Alien8 disse...

Caro Parrot,

Obrigado! Em princípio, deves conseguir "sacar" esta música clicando sobre o player com o botão direito do rato e seleccionando "save as source". Se der, depois ponho a outra. Se não der, mando ambas por mail. Diz qualquer coisa, ok?

Um abraço e boa semana!

Alien8 disse...

Pinto Ribeiro,

Boa semana para ti.
Um abraço.

Alien8 disse...

Capricórnia,

E, de toda a família, beijinhos e boa semana para ti.

Tem piada, era de um, depois passou a ser de dois, agora é de toda a família... :)))

Mocho Falante disse...

bela dica sim senhor...gosto da sonoridade

abraços

Teresa Durães disse...

24 de Abril. Deixo-te uma semente (? Não perecebo grande coisa de agricultura) de cravos. Para ires platando.

beijos

Alien8 disse...

Mocho Falante,

Pois, eu também :)
Um abraço.

Alien8 disse...

Teresa,

Um beijo por essa semente.