Aliencake

Foi numa tarde de sábado, de encontros, reencontros e desencontros, de estreia literária e café, tudo prolongado em noite, jantar e mais café, ficando no entanto curto o tempo. De súbito, aparece-me pela frente um bolo com a minha cara. Um bolo com rosto de Alien. Olhei-o uma e outra vez, e só não me belisquei porque dói um bocado, convenhamos. Mesmo a aliens. As pessoas cantavam os parabéns e batiam palmas, eu ouvia e agradecia, mas mal tirava os olhos do bolo. Fizeram-me pegar nele com uma mão, perante a apreensão de alguns circunstantes, e conduzi-lo, ou deixar que me conduzisse, à mesa improvisada. Vivendo desde sempre em terrível dúvida sobre a minha origem e condição, houve um instante luminoso em que tudo se revelou. "Sou um bolo, afinal sou um bolo!" - exclamei para mim mesmo, entre alguma perplexidade e o alívio de uma certeza há muito tempo aguardada. Foi sol de pouca dura. Lá tive que partir o bolo. Lá tive que me cortar à faca em fatias que rapidamente desapareceram. Ao que parece, estava bom, eu. O facto é que, apesar disso, ainda estou vivo. Não serei, então, um bolo? Serei apenas a recordação dele? Felizmente, a fotógrafa estava lá. Serei assim talvez a fotografia de um bolo. Há piores destinos. Há piores fins de tarde-noite de sábados de lançamentos de livros, encontros, reencontros, desencontros, jantares, cafés, aniversários e ainda mais. Muito, muito piores, garanto-vos.

16 de fev de 2008

A propósito

de um post publicado no blog Em Banho Maria da minha amiga MJF (cuja visita recomendo vivamente), e da frase de Descartes nele citada:

"Despreza-se um homem que tem ciúmes da mulher, porque isso é testemunho de que ele não ama como deve ser, e de que tem má opinião de si próprio ou dela".

e de o ciúme ser uma coisa boa ou má, e de se ser ou não ciumento,

ocorreram-me várias frases, citações, pequenas histórias. A primeira citação deixei-a lá, no comentário, mas vou repeti-la aqui:



Quem não tiver pecado que atire a primeira pedra!
(mais ou menos o que, de acordo com o Evangelho segundo S. João, Jesus Cristo terá dito, mas não acerca de ciúmes... )




Depois veio-me à ideia aquele célebre verso de Álvaro de Campos:

"Nunca conheci quem tivesse levado porrada."
Pois. Eu também nunca conheci quem se confessasse ciumento(a)...

Logo de seguida, duas daquelas deliciosas histórias curtas de Woody Allen, que cito de memória, sem qualquer preocupação de lhes conservar a forma, mas com total respeito pelo conteúdo.


A primeira refere-se ao medo do oculto, da solidão, do escuro, do desconhecido:



Quem de entre nós, sentado no sofá da sala, sozinho, a altas horas da noite, não sentiu já uma mão gelada poisar-se-lhe na nuca, arrepiando-o de pavor? Eu não, mas há quem tenha!

Porque me terá ocorrido esta história, a propósito de se ser ou não ciumento? Vá-se lá saber!...







A segunda já tem a ver com o
curioso trecho da citação de Descartes que fala de amar como deve ser:

Que qualidades deve então ter um bom amante? Considera-se geralmente que um bom amante deve ser simultaneamente terno e forte. Mas forte até que ponto? Há quem defenda que deve ser capaz de levantar, pelo menos, um peso de cem quilos.


Assunto resolvido!











Termino
a minha superior abordagem deste tema com a sabedoria popular plasmada nestes versos de uma canção do saudoso cómico brasileiro Grande Otelo (na foto, com muita pena de não ter conseguido encontrar o vídeo com a interpretação da canção):


A muié da gente
A muié da gente
É a muié da gente.
A gente briga por causa
Da
muié da gente.
A gente briga por causa

Da muié dos outro também,
Mas a
muié da gente
A gente não dá

P'ra ninguém.
Não dá, não!


32 comentários:

wind disse...

Gargalhadas Alien fizeste um post genial.lololol:)))
Parabéns pelo humor e inteligência:)
Beijos

nnannarella disse...

Alien, hoje ainda está pior do que ontem para investigações... Mas não posso deixar de relevar a grandissonante gargalhada que a tua suposição "a menos que apareçam maais provas a boiar no canal" me provocou!:)(Grande frase!)

Quanto ao tema - propício a mais ou menos belas mortas desde tempos imemoriais -, vou começar por acrescentar ao Grande Otelo (olha a coincidência do Iago ser o cúmulo dos cúmulos da inveja e do ciúme!), este Tango della Gelosia
(Tango do Ciúme), com o génio e a voz de Monica Vitti. Mais logo, venho cá trazer a tradução... A dopo. (Até depois.) Vasi!

Lola disse...

Querido Alien,

Conheces a minha opinião sobre ciumes, mas o teu post está divertidíssimo :)))

Deixo algumas citações de "entendidos" insuspeitos:

* "Que vida de inferno é a vida do ciumento! Antes não amar, do que amar desse modo.

Mantegazza

* "Todo aquele que desconfia, convida os outros a traí-lo.

Voltaire


* "Como ciumento sofro quatro vezes: porque sou ciumento, porque me reprovo de sê-lo, porque temo que meu ciúme machuque o outro, porque me deixo dominar por uma banalidade: sofro por ser excluído, por ser agressivo, por ser louco e por ser comum."

Roland Barthes

Não me incluo em nenhuma das citações, mas o ciúme é como as bruxas: não acredito nelas, mas que as há...

Beijos aciumados:)))

Teresa Durães disse...

o que mais aprecio é o outro ter de ser forte (com 100kg ou mais) porque se o outro pensa do mesmo modo estamos tramados (quem será o mais forte?)

só uma vez tive ciumes e entendi porquê: quem dá com uma mão e tira com a outra transforma-nos em criaturas puramente selvagens (ainda agitada mas não neste momento)

mjf disse...

Olá!
Pois eu sou uma provocadora...
Mas continuo a pensar que ociume vem de algum golpe "duro"... assim justifica-se determinados "momentos"... de ciúme... e quando este padrão se mantêm o "amor" tem os dias contados...

Beijos
Passe lá pelo meu cantinho...temos festa e direito a bolo.

bettips disse...

Do amor e do ciúme, sempre ficará algo por dizer.
Como de nós todos.
Mas gostei muito da tua abordagem risonha!
Abç

nnannarella disse...

No, non è la gelosia,
Ma è la passione mia.
Quando ti guardano gli altri, io fremo perché
Io il tuo cuore lo voglio soltanto per me.

No, non è la gelosia,
So che tu sei solo mio.
Ciò che mi strugge non so io neppure cos'è,
Ma non temere, non sono gelosa di te.

No, non è la gelosia,
So che tu sei solo mio.
Ciò che mi strugge non so io neppure cos'è,
Ma non temere, non sono gelosa di te.

Gelosa di te!


__________________________

Não, não é o ciúme,
é a minha paixão.
Quando te olham os outros, eu tremo porque
o teu coração quero-o somente meu.

Não, não é o ciúme,
Sei que tu és somente meu.
O que me consome não sei nem eu o que é,
Ma não tenhas medo, não sou ciumenta de ti.

Não, não é o ciúme,
Sei que tu és somente meu.
O que me consome não sei nem eu o que é,
Ma não tenhas medo, não sou ciumenta de ti.

Ciumenta de ti!

_______________________


Credos!!! Que linda letra!;)
Vasi!

PintoRibeiro disse...

E mais nada, K'mrd.
Abraço,

Belzebu disse...

eheh! Gostei deste post divertido sobre coisas sérias!

Poderia dizer aqui que...ah e tal eu nem sei o que é isso de ciúmes, é pouco racional e coisa e tal, mas não o vou fazer, porque esse é um mal de que todos sofremos, apesar de só alguns o reconhecerem.

Gostava de deixar aqui uma frase do Camilo Castelo Branco sobre o ciúme, que considero deliciosa.

" O ciúme vê com lentes, que fazem grandes as coisas pequenas, gigantes os anões, verdades as suspeitas".

Aquele abraço infernal!

Alien8 disse...

Wind,

Nem tanto :) Foi só para divertir.

Mas obrigado! E beijinhos.

Alien8 disse...

Nnannarella,

Obrigado pelo magnífico Tango della Gelosia e pela ainda mais magnífica Monica Vitti, e pela letra e respectiva tradução!

Bem vista, aquela do Iago :)))

Boas investigações, que seguirei com atenção, e

Vasi!

Alien8 disse...

Querida Lola,

Atiraste-me com tantos eru(ditos) para cima que já mal me posso mexer :)))

Isto de ciúmes é assim, cada cabeça, sua sentença, mais coisa menos loisa, mas eu só queria um pouco de diversão, e zás! apanho com o Barthes no trombil. E logo de maré!

Olha, realmente, que las hay, hay...

Beijos aciumados? Hehehe!
Para ti, beijinhos simples. Ora toma! :)

Alien8 disse...

Teresa,

De acordo com o Woody, parece que, se ambos os amantes conseguirem levantar o tal peso, tudo estará bem... :)))

Se só tiveste ciúmes uma vez, enfim, passas no teste hehehehe!

Espero que vás "desagitando"!

Um beijo.

Alien8 disse...

MJF,

De algum golpe duro ou da própria personalidade... há gente para todos os gostos, isto sem nenhuma intenção crítica (por isso disse "para todos os gostos:).

Obrigado pelo amável convite, que obviamente já aproveitei.

Um beijo.

Alien8 disse...

Bettips,

Plenamente de acordo.

E obrigado. Abordar risonhamente é preciso :)

Abcdefgh...

Alien8 disse...

Pinto Ribeiro,

Exactamente. Ou talvez não...

Mas é bom pensar que sim. Por isso, mais nada!

Um abraço.

Alien8 disse...

Belzebu,

Obrigado pela belíssima contribuição, com a maestria de um dos grandes entendidos em amores e afins, o grande Camilo!

E, realmente, o ciúme não é mesmo nada racional. Nadinha. Tem a ver com os sentimentos, e aí entramos numa zona algo confusa. Uma twilight zone, hehehehe!

O que vale é que podemos dizer tudo...

Abraço alienígena.

Alien David Sousa disse...

Maninho, tu és o máximo! É como sempre digo,tu ficaste com os neurónios todos e eu apenas com um desgraçado de um neurónio preguiçoso! :D

Sobre a frase, vou apenas dizer algo muito banal. Os ciumes fazem parte de qualquer relação, são saudáveis, DESDE que não impeçam a outra pessoa de RESPIRAR. Desde que não intrefiram na relação, quando os ciumes são levados a extremos podem arruinar uma relação. Agora, os ciumes saudáveis,esses todos os temos. Os outros os doentios...são sempre de fugir.

Beijinhos alienígenas

Alien8 disse...

Olá, mana,


Tu e os neurónios :)))

O "banal" que disseste, a mim parece-me bom senso, e mais nada!
E o bom senso é fundamental. Fundamentalismos não são :)

É com os pensamentos de todos que nos vamos esclarecendo, a brincar ou não, certo?

Beijos alienígenas.

Rosalina disse...

"Nunca conheci quem tivesse levado porrada."

Pois. Eu também nunca conheci quem se confessasse ciumento(a)...



A sério?!

Pois, eu confesso: sou ciumenta.

Alien8 disse...

Rosalina,

Parabéns pela sinceridade :)

Agora já conheço.

A.N.(A.) disse...

http://nacionalistaslivres.blogspot.com/2008/02/porque-o-bolho-do-povo.html

Gi disse...

Só mais logo consigo vir aqui ler-te com a atenção que mereces, ainda tenho em atraso a minha caixa de comentários. Tenho um desafio no meu canto para ti. O das 12 palavras. Um beijinho.

Vanda Baltazar disse...

...Terrestre responde!!! :)

Ainda em fase de instalação :) mas cá estou eu a romper a virgindade do portátil :)

Ciúme?

Já senti. Terrível.

Como diz a Teresa, sem tirar nem pôr.

Beijo e bom fim de semana :)

Teresa Durães disse...

a desagitar (ahahahah) mas ainda com a paciência no limiar das bolinhas coloridas

Alien8 disse...

Gi,
Então, até mais logo :))

O desafio... ui, ui, vai ser um problema. Eu depois explico.

Um beijo.

Alien8 disse...

Vanda,

Vale sempre a pena enviar mensagens alienígenas :)))

E mais uma pessoa para o rol dos que não têm receio de assumir que sentiram ciúmes. O que não é bem a mesma coisa que ser ciumento :)

Boa instalação, bom fim de semana e um beijo.

Alien8 disse...

Teresa,

No limiar das bolinhas coloridas lololololol! Muito boa, essa.

E continua a desagitação. Mas agita-a antes de a usares :)))

Bom fim de semana.

Beijos.

nnannarella disse...

E que belo resultado deu, a terapêutica, Alien :) Assim nos diverti(ste)mos com uma paixão que costuma provocar horrores avassaladores.
Além disso, e entre outras coisas, gostei de rever a citação do Barthes (é uma das minhas preferidas), que a Lola pôs, e de conhecer a do Camilo, que não conhecia e já se tornou favorita também, graças a Belzebu (este graças ficou um bocado ambíguo... eh eh).
Boa noite de sábado, sem pluviosidade ciumosa de perigo laranja e ... vasi!:)

Teresa Durães disse...

um beijo de fim-de-semana

Alien8 disse...

Nnannarella,

Então, cumpri o objectivo :)
De resto, choveu mesmo, ma non troppo. Ah, e gostei das graças ao Belzebu :)))

Bom domingo, e sempre Vasi!

Alien8 disse...

Teresa,

Obrigado, e outro para ti, já um nadinha atrasado... :))