Aliencake

Foi numa tarde de sábado, de encontros, reencontros e desencontros, de estreia literária e café, tudo prolongado em noite, jantar e mais café, ficando no entanto curto o tempo. De súbito, aparece-me pela frente um bolo com a minha cara. Um bolo com rosto de Alien. Olhei-o uma e outra vez, e só não me belisquei porque dói um bocado, convenhamos. Mesmo a aliens. As pessoas cantavam os parabéns e batiam palmas, eu ouvia e agradecia, mas mal tirava os olhos do bolo. Fizeram-me pegar nele com uma mão, perante a apreensão de alguns circunstantes, e conduzi-lo, ou deixar que me conduzisse, à mesa improvisada. Vivendo desde sempre em terrível dúvida sobre a minha origem e condição, houve um instante luminoso em que tudo se revelou. "Sou um bolo, afinal sou um bolo!" - exclamei para mim mesmo, entre alguma perplexidade e o alívio de uma certeza há muito tempo aguardada. Foi sol de pouca dura. Lá tive que partir o bolo. Lá tive que me cortar à faca em fatias que rapidamente desapareceram. Ao que parece, estava bom, eu. O facto é que, apesar disso, ainda estou vivo. Não serei, então, um bolo? Serei apenas a recordação dele? Felizmente, a fotógrafa estava lá. Serei assim talvez a fotografia de um bolo. Há piores destinos. Há piores fins de tarde-noite de sábados de lançamentos de livros, encontros, reencontros, desencontros, jantares, cafés, aniversários e ainda mais. Muito, muito piores, garanto-vos.

25 de set de 2008

Singela homenagem

  • Aos gestores do Lehman Brothers, da AIG e do Merryl Lynch, que receberam prémios de milhões de dólares por "excelente desempenho" meses antes do que todos sabemos que aconteceu.
  • Às firmas de regulação e auditoria que, na véspera da falência, classificavam o Lehman Brothers como "AA" - Double A.
  • Ao sugestivo nome do Fundo de certo banco cá do sítio que contém títulos do Lehman e tinha (e tem) a designação de "(Nome do Banco) Prudente."
  • Aos neoliberais que dizem que o neoliberalismo não existe.
  • Ao "poder de regeneração" do capitalismo e aos "efeitos salutares da concorrência".



Pois claro...
Dá-lhes, Jimi!

26 comentários:

Teresa Durães disse...

à crise económica mundial pela ambição de alguns

Lizzie disse...

Cá no sítio, Alien, brincam. Riem-se enquanto as pessoas vão vendo sacrifícios da privacidade em concursos televisivos absolutamente degradantes.

Brincam enquanto vão dizendo meias verdades quando não são mentiras.

Brincam enquanto vamos assistindo a propaganda digna de um Goebbels mais modernizado e subtil.

Porque cada um brinca à escala do quarto de brinquedos que tem, às vezes com os brinquedos que sobram dos outros.

Mas não faz mal: vamos ter um grande aeroporto, temos os maiores centros comerciais da europa, e o comboio vai ser o melhor, e a ponte...

e toda a gente vai ter casa, educação e saúde e ninguém vai passar fome e vai descontar de boa vontade mais impostos para pagar as falências dos meninos que partiram os brinquedos todos na brincadeira.

Como sempre, aos meninos pobres e "remediados", como se dizia no tempo do senhor beirão narigudo, resta-lhes apanhar os cacos.
De preferência sem fazer barulho e sorridentes.

De qualquer forma, "quanto mais ignorantes mais felizes"


Abraço

mar disse...

Ou o alegre mundo em que vivemos?

Onde tantos morrem todos os dias de fome, negligencia, guerra.... e por aí adiante

E outros tantos enchem os bolsos, riem e comem caviar.....


bjs e resto de boa semana

mar

mar disse...

recebi agora por mail, mas não resisti a colocar aqui:

Processo Casa Pia: nada -
Processo Apito Dourado: nada - Assassinatos de seguranças na noite: nada
Caso Maddie: nada (com direito a humilhaçãozinha no strangeiro...) -Caso Freeport: nada -
Caso dos sobreiros PP: nada -
Caso BCP: nada -
Caso Vale e Azevedo: nada - Operação Furacão: nada

Mas soube-se prender um jovem que fez um download de música ...YEAAAAAAAAH!... Primeiro português condenado à prisão por pirataria musical na internet!... Indivíduo poderá passar entre 60 a 90 dias atrás das grades por terfeito o download e partilhado música ilegalmente!...


Somos muito à frente.................

wind disse...

Excelente!
Beijos

Alien8 disse...

Teresa,

A isso também.

Beijos.

Alien8 disse...

Lizzie,

Exactamente: Porque cada um brinca à escala do quarto de brinquedos que tem, às vezes com os brinquedos que sobram dos outros.
Isso e o resto, como a propaganda mais modernizada, subtil e sofisticada (e mais eficaz) em que tantas vezes penso.

Há sempre quem engula. Sempre. E até há quem goste. E quem diga que não pode haver melhor...

Não somos nós que vanos ter tudo. Como escreveu o O'Neill, em breve "O medo vai ter tudo". Se assim continuar(mos).

Um beijo.

Alien8 disse...

Mar,

Bem observado, e excelentes exemplos das "prioridades" que nos regem...

Beijos e bom fim de semana para ti, e obrigado pelos comentários.

Alien8 disse...

Wind,

Obrigado!
Bom fim de semana e um beijo para ti.

Lola disse...

Alien,

Esta crise do capitalismo é só para quem trabalha todos os dias e tem de fazer chegar o ordenado ao fim do mês!

Os outros vão chorar no ombro do dono do dinheiro e recebem um paternal " não chores vai ficar tudo bem..."

E o pior é que para eles fica.

É altura de pegar nas rocks e começar a apontá-las às engrenagens...

Beijos grandes

Bernardo Kolbl disse...

Soberbo, Komrad!
Vou linkar.
Abraços aos dois.

Alien8 disse...

Lola,

Estás cheia de energia, ena, ena, vamos lá atirar as pedrinhas, ou mesmo os pedregulhos!

Se bem que as engrenagens vão emperrando sozinhas... mas uma ajuda dá sempre jeito, oh se dá!

Beijocas.

Alien8 disse...

Bernardo Kolbl,

Obrigado! E pelo link também.

Bom fim de semana.

E um abraço dos dois.

Cila disse...

olá
voltei...como vejo sempre na actualidade corrosiva ...e infelizmente verdadeira.
beijokas

Teresa Durães disse...

parece que dia para dia os podres têm vindo ao cimo

Mocho Falante disse...

Pois é e quem se lixa que é?...o mexilhão tá claro

aquele abraço

Alien8 disse...

Cila,

Olá!!! Bom regresso!
Obrigado pela visita e comentário e
Um beijo.

Alien8 disse...

Teresa Durães,

Tens razão.
E mais haverão de vir...

Beijos.

Alien8 disse...

Mocho Falante,

Como sempre, amigo, como sempre...

Um abraço para ti.

Vanda disse...

Alien

A tudo isso e a todos esses!


Dá lhe Jimi!


Lembras-te de um post meu sobre "trovoada"?

Pois aqui está ela.


Com direito a raios e coriscos.



E os raios ainda vão caindo...desculpa a expessão seguinte...mas olha (!!!!)...o raio que os parta!

Um abraço

Alien8 disse...

Vanda,

Se lembro! Se lembro!

Nem sei porque hás-de pedir desculpa da colorida expressão que usaste. Porque raio haverias de pedir? :)

Mas eu conheço uma maneira mais delicada:

"Estrelinha que os guie!" É uma expressão do Norte. Carinhosa :)))))

Agora o Jimi foi dar uma volta, e troquei-o pelos Shadows e pelo Apache, porque índios parecemos nós todos...

Um beijo.

Alien David Sousa disse...

Goste-se dele ou não,há um ano que OBAMA já previa este desastre, todos os sinais estavam lá. Tentou que se implementassem determinadas medidas na bolsa, medidas essas que o governo ignorou por completo.Não espero milagres do senhor se for presidente dos USA, espero sim um maior bom senso,o que já não é nada mau.

Beijinhos mano

Vanda disse...

Indios, Alien :) tribais. Lembras-me os Cree (http://pt.wikipedia.org/wiki/Cree) que tanta simbologia encontravam na tartaruga :)

Quando era pequena e brincava com os meus primos, queria ser sempre a "india" embora já soubesse que acabaria dominada pela força dos "cowboys"...resistia até mais não poder e embora fosse gorducha, de botas ortpedicas e usasse óculos :)) aprendi a manejar com destreza cabos de vassoura como se fossem espadas :)) para panico da minha mãe!!!! :)) Venci algumas vezes e perdi a "cabana" outras tantas:) Tempos de uma Lisboa antiga com quintais...

Voltando ao presente, Obama decididamente "sabe" o que muitos não querem "ver" e embora também não espere milagres dele, espero e até agora vi, da sua parte uma postura muito mais responsavel e consciente sobre o caminho a percorrer...

Um abraço apache para toda a familia e um bom domingo!

Alien8 disse...

Alien DS,

Não só o Obama, mana, outros o previram, e há muito mais tempo... mas parece que não valeu de nada. Do Obama não espero muito. Pior que o Bush é difícil... enfim, veremos.

Beijinhos.

Alien8 disse...

Vanda,

Tinhas que ser "índia", evidentemente :)))

Eu brincava mais aos polícias e ladrões...

Cabos de vassoura e paus de diversas origens, pedras, fisgas, mangueiradas... enfim, a infância :)))

Gostava que o Obama fosse o que dizes, mas, para mal dos meus pecados, não acredito. Desde logo por ser apenas uma pessoa. Não chega para mudar o sistema. Algumas melhorias, talvez, mas o essencial ficaria na mesma.

Um beijo.

bettips disse...

"Everything is going to be allright" disse o velho ao filho, mais ranhoso e tacanho depois de falar com os experts.

Tal como tu, crises são mais na "bolsa", a minha e a de valores (dos outros). E não acredito em milagres: tenho esperança no bom senso... um bocadinho.
E vejo os antigos hippies a acordar, without flowers in their heads!
Bjinho