Aliencake

Foi numa tarde de sábado, de encontros, reencontros e desencontros, de estreia literária e café, tudo prolongado em noite, jantar e mais café, ficando no entanto curto o tempo. De súbito, aparece-me pela frente um bolo com a minha cara. Um bolo com rosto de Alien. Olhei-o uma e outra vez, e só não me belisquei porque dói um bocado, convenhamos. Mesmo a aliens. As pessoas cantavam os parabéns e batiam palmas, eu ouvia e agradecia, mas mal tirava os olhos do bolo. Fizeram-me pegar nele com uma mão, perante a apreensão de alguns circunstantes, e conduzi-lo, ou deixar que me conduzisse, à mesa improvisada. Vivendo desde sempre em terrível dúvida sobre a minha origem e condição, houve um instante luminoso em que tudo se revelou. "Sou um bolo, afinal sou um bolo!" - exclamei para mim mesmo, entre alguma perplexidade e o alívio de uma certeza há muito tempo aguardada. Foi sol de pouca dura. Lá tive que partir o bolo. Lá tive que me cortar à faca em fatias que rapidamente desapareceram. Ao que parece, estava bom, eu. O facto é que, apesar disso, ainda estou vivo. Não serei, então, um bolo? Serei apenas a recordação dele? Felizmente, a fotógrafa estava lá. Serei assim talvez a fotografia de um bolo. Há piores destinos. Há piores fins de tarde-noite de sábados de lançamentos de livros, encontros, reencontros, desencontros, jantares, cafés, aniversários e ainda mais. Muito, muito piores, garanto-vos.

9 de jul de 2006

The man who sold the world, de David Bowie, na versão dos Nirvana

We passed upon the stairs, we spoke of was and when
Although I wasn't there, he said I was his friend
Which came as a surprise I spoke into his eyes
I thought you died alone, a long long time ago

Oh no, not me
I never lost control
You're face to face
With the man who sold the world

I laughed and shook his hand, and made my way back home
I searched for form and land, for years and years I roamed
I gazed a gazely stare at all the millions here
We must have died alone, a long long time ago

Who knows? Not me
We never lost control
You're face to face
With the man who sold the world

Who knows? Not me
We never lost control
You're face to face
With the man who sold the world

20 comentários:

Mocho Falante disse...

Pois é amigo...agora sou eu a dizer Nirvana não obrigado!

Mas pronto gostos não se discutem? TO noise for me

abraços fortes

cinnamon girl disse...

Revivi muita coisa...eheheh

Amir disse...

E hoje deu o Unplugged na Vh1.. Até dá arrepios... Muito bom. NIRVANA!!!

Baci

Alien8 disse...

Mocho,
Acho que se discutem, mas só até certo ponto. Se consideras muito "noise", sugiro-te a versão "unplugged".
Um abraço.

Alien8 disse...

Cinnamon Girl,
Ainda bem! E aposto que gostaste :)
Boa noite para ti.

Alien8 disse...

Amir,
Nirvana sempre! Gosto imenso do "unplugged", claro.
Beijos.

Teresa Durães disse...

Claro que conheço Nirvana de trás para a frente e claro que me deu um "baque" quando o vocalista se suicidou.

Já cá tinha vindo ouvir, não sabia bem o que comentar aqui neste. Não é, confesso, uma das minhas favoritas.

Tuche disse...

Bom eu gostei muito da época que ouvia Nirvana, apesar de Bowie fazer mais o meu género.

Beijos amigo e viva a ITÀLIA hehe

Vingaram-nos por isso estou felizzzzzzzzzzzzzz

Alien8 disse...

Teresa,
Não faz mal: é uma das minhas favoritas hehehe.
Novidade, novidade, é não saberes o que comentar:)))
Continuação de boa noite.

Alien8 disse...

Tuché,
Assim foi. Mas feliz, estaria se Portugal tivesse ganho.
Bowie, Nirvana, gosto de ambos, cada um no seu género.
Beijos!

The City Lights disse...

AMIGO ALIAN8,
nem imaginas o quanto estou contente com o dia de ontem!

O teu post é absolutamente fantástico!AMO DAVID BOWIE!
O eterno camaleão e inegualável em todos os sentidos!

Nirvana....foi pena ele realmente ter colocado um ponto final na vida dele....Tinha tanto ainda para dar....

Bom gosto nas 2 escolhas lindão!

Beijo enooorrrmmmmee com "Bacci" de chocolate, e o papelinho da sorte a desejar-te uma excelente semana, cheia de alegrias!!!

;)

wind disse...

Grande Bowie e grande vocalista dos Nirvana!
Palavras para quê?:)
beijos

Cereja_no_Bolo disse...

Sou mais pelo Bowie! :)

Caracolinha disse...

Eu faço anos no dia do David Bowie ... :))

Ele faz mais uns tantos que eu ... e continua com aquele ar enigmático que o caracteriza ... nós os capricórnios ficamos melhores com a idade ... :)))) ... gaba-te cesto que amanhã é vindima ... :))))))

E por aí ? todos bem meu bom amigo ?

Por aqui tudo rola !!!!

Um nico abafado hoje heim ????

Bjinhos encaracolados meus para vocês todos e aquele abraço do quatro patas !!!!

:))

Alien8 disse...

The City Lights,
Como não gostar de Bowie, que continua muito especial? E dos Nirvana, apesar da perda do Cobain?
Por aqui, desejamos-te uma semana das melhores, com alegria e bom tempo.
O Luis manda também um beijo.

Alien8 disse...

Wind,
Basta ouvir :)
Beijos.

Alien8 disse...

Cereja_no_bolo,
Para a próxima, ponho a versão dele ;) Ou outra música. Acho que já aqui tive a Space Oddity. Talvez o vídeo, quem sabe?:)
Beijocas e boa semana.

Alien8 disse...

Caracolinha,
Então no dia do Bowie??? Boa companhia, sim senhora. Deixa-me cá ver... já vi :)
Não duvido de que fiques melhor com a idade lololol. Está realmente um dia abafado, mas parece-me menos quente que ontem, pelo menos por aqui.Enfim, sobrevive-se. Festinhas ao Freud e beijos para ti, muitos :)

Lola disse...

Nirvana forever
beijo
Lola

Alien8 disse...

Foreva and eva ;)
Beijoca.